Impacto de choques de política monetária sobre a oferta de crédito regional: Uma análise econométrica a partir da metodologia VAR para o Brasil nos anos 2000

Leonardo Dondoni Dutra, Carmem Aparecida do Valle Feijó, Julio Cesar Albuquerque Bastos

Abstract


O objetivo deste trabalho é investigar empiricamente o impacto da política monetária na oferta de crédito nas regiões, partindo da hipótese de que este impacto será diferenciado pois depende da estratégia de gestão de ativos da firma bancária em cada região. Desta forma, este trabalho investiga primeiramente as diferentes reações das firmas bancárias a nível regional, quando da ocorrência de choques de política monetária a variáveis de comportamento mapeadas pela preferência pela liquidez bancária e pelo nível de incerteza tomado como proxy das provisões de operações de crédito. Em seguida, investiga os impactos da política monetária sobre as diferentes maturidades do crédito bancário regional. Conclui que a política monetária causa impactos diferenciados na oferta de crédito ao nível das regiões brasileiras verificados pela atuação diferenciada do comportamento de gestão bancária comprometendo assim a possibilidade desse setor em se tornar o elemento proeminente do processo de indução ao crescimento econômico e de redução das desigualdades regionais.


Keywords


banco regional, preferência pela liquidez, crédito regional

References


ALEXANDRE, M.; LIMA, G. T. ; CANUTO, O. . Distribuição espacial da atividade bancária no Brasil: dimensões e indicadores. Nova Economia (UFMG), Belo Horizonte, v. 15, n.1, p. 11-33, 2005.

AMADO, A. Disparate Regional Development in Brazil: a monetary production approach, Ashgate, 1997.

ARESTIS,P; e SAWYER, M. The nature and role of monetary policy when money is endogenous. The Levy Economics Institute of Bard College, Working Paper, n. 374; 2003.

BANCO CENTRAL DO BRASIL. Dimensão Regional da Inclusão Financeira, Boletim Regional do Banco Central, Outubro, 2013.

BERNANKE, B. GERTLER, M. Inside the Black Box: The Credit Channel of Monetary Policy Transmission. Journal of Economic Perspectives 9, 27-48, 1995.

BERTANHA, M e HADDAD, E. A. Efeitos Regionais da Política Monetária no Brasil: Impactos e Transbordamentos Espaciais. Revista Brasileira de Economia. v. 62 n. 1 , pp. 3–29, Rio de Janeiro, 2008.

CARLINO,G.A. e DEFINA, R. The differential regional effects of monetary policy: evidence from the U.S. States. FRB Philadelphia Working Paper n° 97-12/R, setembro de 1997.

CARVALHO, F J C de; PAULA, L F de. Banking in Latina America, in Berger, A N; Molyneux P e Wilson, J O S (eds), Oxford Handbook on Banking, . 2nd. Edition, 2014.

CECCHETTI, S. G. “Legal structure, financial strutucture, and the monetary policy transmission mechanism.” – FRBNY Economic Policy Review, julho de 1999.

CECCHETTI, S. G; KRAUSE,S. Financial Structure, Macroeconomic Stability and Monetary Policy; NBER Working Paper nº 8354; 2001.

CHIC, V. Macroeconomics after Keynes, MIT Press, 1983.

CHIC, V. The evolution of the banking system and the theory of saving, investment and interest, Economies et Sociétés 20, Cahiers de I’ISMEA, Série Monnaire et production, Paris, n. 3, p. 111-127, 1986.

CHICK V. e DOW S. C., Post-Keynesian perspective on the relation between banking and regional development, in ARESTIS P. (Ed.) Post-Keynesian Monetary Economics: New Approaches to Financial Modelling. Elgar, Aldershot, 1988.

CORRÊA, V. P. Distribuição de agências bancárias e concentração financeira nas praças de maior dinamismo econômico: um estudo dos anos 1980 e 1990. In: CROCCO, M; JAYME JR, F. G.. Moeda e Território: Uma Interpretação da Dinâmica Regional Brasileira. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. 235 p.

CROCCO, M.A. “Moeda e Desenvolvimento Regional e Urbano: uma leitura Keynesiana e sua aplicação ao caso Brasileiro”. Tese submetida ao Concurso de Professor Titular, CEDEPLAR, abril 2010.

CROCCO, M.; SILVA,F.F.; REZENDE,L.P.; RODROGUEZ-FUENTES, C,J. Banks and Regional Development: An Empirical Analysis on the Determinants of Credit Availability in Brazilian Regions, Regional Studies, 48:5; 883-895; 2012.

DEMIRGUC-KUNT A. e LEVINE R., Financial Structure and Economic Growth: A Cross-Country Comparison of Banks, Markets, and Development. MIT Press, Cambridge, MA., 2004

DOW, S. C. The regional composition of the money multiplier process, Scottisch Journal of Political Economy, vol. 29, n. 1, 1982.

DOW S. C., Financial Markets and Regional Economic Development: The Canadian Experience. Avebury, Aldershot, 1990.

DOW S. C. Money and the Economic Process. Edward Elgar, Cambridge, 1993.

DUTRA, L. D.; BASTOS, J. C. A. ; LAMONICA,M.T. ; FEIJO, C. A.; Desigualdade na oferta de crédito regional a pessoa jurídica: uma análise em painel para o período 2000-2011. Economia & Sociedade, v. 24, p. 681-708, 2015.

DUTRA, L.D; BASTOS, J.C.A; Atuação Regional da Firma Bancária em um Contexto de Elevada Desigualdade Regional. O Caso do Brasil: 2000-2012, Revista Cadernos do Desenvolvimento, vol.19; jul-dez, 2016.

EVANGELISTA, T. F. ; SBARDELLATI, E. C. de A. A eficácia do crédito como canal de transmissão da política monetária no Brasil: estratégia de identificação da oferta e demanda de crédito, 44º. Encontro Nacional de Economia, ANPEC, Foz do Iguaçu, 2016. Disponível em:

https://www.anpec.org.br/sul/2016/submissao/files_I/i6-739d7fc978706d09290ef06c32573753.pdf, acesso em 27 de dezembro de 2016.

EWING, B. T. . The response of the default risk premium to macroeconomic shocks, The Quarterly Review of Economics and Finance, Elsevier 43(2), 261–272, 2003.

FAVERO, C. A.; GIAVAZZI, F. e FLABBI, L. The Transmission Mechanism of Monetary Policy in Europe: Evidence from Banks’ Balance Sheets. NBER Working Paper, Julho,1999.

FREITAS, P M R de e LAMONICA, M T . Estratégias Bancárias e Oferta de Crédito no Nordeste e Sudeste brasileiro: uma avaliação através de indicadores de balanço no período 2000-2014, Cadernos do Desenvolvimento, vol. 17, no. 2, 2015.

FONSECA, M.; VASCONCELOS, M. Impactos Diferenciados da Política Monetária nas Regiões e Estados do Brasil. II Encontro Brasileiro de Estudos Regionais e Urbanos. ABER - Associação Brasileira de Estudos Regionais, São Paulo, 2002.

HICKS, J, sir. Mr.Keynes and the Classics: a Suggested Interpretation, Econometrica, 147-159, 1937.

KEYNES, J M. Treatise on Money, vol 2 The Collected Writngs of John Maynard Keynes, vol. 6, Londres, MacMillan, 1971.

KREGEL, J. Markets and institutions as features of a capitalistic production system, Journal of Post Keynesian Economics, vol. 3, no . 1, pp-32-48, 1980.

KOOP, G., PESARAN, M. H. e POTTER, S. M. Impulse response analysis in nonlinear multivariate models, Journal of Econometrics, 74, 119–147, 1996.

LEVINE R., Financial development and economic growth: views and agenda, Journal of Economic Literature, 35(2), 688–726, 1997.

LUTKEPOHL, H. . Introduction to multiple time series analysis, Springer-Verlag, 1991.

MINSKY, H. John Maynard Keynes, Columbia University Press, 1975.

MODENESI, A. M. e MODENESI, R. L. . Quinze Anos de Rigidez Monetária no Brasil pós Plano Real: uma agenda de pesquisa. Revista de Economia Política, vol. 32 no. 3, 389-411, 2012.

NOGUEIRA, M.;CROCCO,M., FIGUEIREDO, A.T., DINIZ,G., Financial hierarchy and banking strategies: a regional analysis for the Brazilian case, Cambridge Journal of Economics, November, vol. 39, 139-156, 2015.

PAULA , L.F. de. Comportamento dos Bancos, Posturas Financeiras e Oferta de Crédito: de Keynes a Minsky, Revista Análise Econômica, v. 16, n. 29, pp. 21-38, 1998.

PAULA, L F de. Sistema Financeiro, Bancos e Financiamento da Economia: uma abordagem Keynesiana, Campus, Rio de Janeiro, 2014.

PESARAN, M. H. e SHIN, Y. Generalized Impulse Response Analysis in Linear Multivariate Models, Economics Letters 58, 17–29, 1998.

RODRIGUEZ-FUENTES, C.J;. PADRON-MARRERO,D.; Industry effects of monetary policy in Spain, Regional Studies, Vol.42.3,PP.375-384, April 2008.

ROCHA, B. de P.; NAKANE, M. I. O mecanismo de transmissão monetária nos estados brasileiros: uma abordagem do modelo de fatores dinâmicos, In: SEMINÁRIO USP DE ECONOMIA, 2007. Disponível em: .

ROCHA,M.R.; SILVA,M.E.A., GOMES,M.F.P.O. Por que os Estados Brasileiros tem Reações Assimétricas a Choques na Política Monetária?, Revista Brasileira de Econometria, Rio de Janeiro, v.65, no. 4, 413-441, 2011.

RODRIGUEZ-FUENTES, C.J.; PADRON-MARRERO,D. Industry Effects of Monetary Policy in Spain, Regional Studies, Vol.42.3, 375-384, April 2008.

RODRIGUEZ-FUENTES,C.J. “Política Monetária Y Economia Regional”. Madrid, Consejo Economico Y Social, 1996.

RODRÍGUEZ-FUENTES C. J., Credit availability and regional development, Papers in Regional Science 77(1), 63–75, 1998.

RODRÍGUEZ-FUENTES C. J. and DOW S. C.; EMU and the regional impact of monetary policy, Regional Studies , 37(9), 973–984., 2003.

SVENSSON, E. Regional effects of monetary policy in Sweden, Working Paper, 2012:9, Lund University, April, 2012.

TERRA, F.,H., B.;. Uma interpretação pós-keynesiana do Regime de Metas de Inflação: poderia a Autoridade Monetária ser capturada pelo sistema bancário?. Revista da Sociedade Brasileira de Economia Política, v. 38, p. 108-126, 2014.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.